domingo, 1 de março de 2015

Arquitectura do Ferro - Estação de S. Bento

Arquitectura do Ferro
Estação de S. Bento

Pilares e vigas metálicos que sustentam a cobertura de chapa/vidro.

Lápis - 40min

Estação de S.Bento

Estação de S. Bento
Túnel central
(Esquisso rápido - 3min)

sábado, 28 de fevereiro de 2015

Encontro em Serralves, Parte II





Os restantes registos feitos durante a tarde.
Por causa da chuva, foram todos feitos no interior da Casa de Chá…
Serralves, Porto, Portugal, 22.02.2015

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Serralves e a biologia marítima

Serralves e a biologia marítima

No meio de obras de arte diversas havia uma conferência sobre biologia marítima.

Estas pessoas estavam muito atentas ao que o conferencista dizia e mostrava.

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

E o mar lá ao fundo...

Quem conhece a Foz, no Porto, conhece também a Rua de Diu, que desce perpendicularmente à linha da costa até à Rua da Srª da Luz, no início da Av. do Brasil. Neste desenho, feito num dia cinzento de Janeiro a ameaçar chuva, vê-se um aglomerado de prédios - antigos e modernos - à esquerda e, lá ao fundo, o mar. Fi-lo de dentro do carro, onde, abrigada do vento, me pude deter com mais conforto a captar o momento:


(Esboço e local em A Caçadora de Desenhos.)

Encontro em Serralves, parte I



Aqui ficam alguns registos feitos durante o encontro de domingo. No interior do museu, a casa e um registo de "desafiante" lago. Outros virão! :)
Serralves, Porto, Portugal, 22.02.2015

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

A minha filha Simone

E o vício de desenhar, que parece contagioso cá em casa

Viagens na minha terra



Parabéns a todos, pelos desenhos, pela partilha e pela iniciativa... Espero poder "alinhar" na próxima.


Uns a desenhar, outros a ler

Uns a desenhar, outros a ler

Três pessoas com pernas co-lineares.
Três minutos a desenhar.
Três linhas contínuas sem hesitar.

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

5º ENCONTRO URBAN SKETCHERS NORTE

5º ENCONTRO URBAN SKETCHERS NORTE

Apesar do primeiro "choque" com os enormes espaços e o branco intimidatório do  Museu de Serralves, optei por começar  desenhar uma obra da Monika Sosnowska,"Buraco". De um buraco do tecto pedaços de entulho caídos no chão...



Depois optei por desenhar a obra "Escadas", uma escada de emergência em caracol esmagada...



Finalmente e uma vez que não iria ter oportunidade de ficar para a tarde com os colegas, no exterior, optei por tentar desenhar uma das maravilhosa vistas do jardim através de uma janela...