domingo, 27 de dezembro de 2015

Esplanada do Café Brito - Chorence (Terras de Bouro)

O risco de, a qualquer momento ver o nosso "alvo" mudar de posição ou simplesmente  se eclipsar, será porventura também uma das principais motivações, que me fazem escolher "pessoas", maioritariamente desconhecidas, para desenhar.

Em baixo, uma alegre viúva a entornar "finos", enquanto desfiava memórias num dia de calor e incêndios por perto.



Sem comentários:

Enviar um comentário