quarta-feira, 12 de outubro de 2016

encontro Porto, parte 1




Primeiros registos feitos no encontro do Porto.
Porto, Portugal, 17.09.2016
avista.naocoisas.com

2 comentários:

  1. Se o livro que vai ser editado tivesse algum contexto antropológico e/ou artístico, seria uma boa fonte para entender o que é desenhar (representar) um local a partir da noção distância que alguém tem sobre esse local (região, cidade, etc).

    Quase que apostaria, em como se tornaria relativamente fácil perceber quem seriam as pessoas mais próximas e mais distantes da região apenas pela observação do desenho. No teu caso, e caindo agora no enviesamento conclusivo de saber à partida da tua naturalidade e vivência com a região, mesmo assim, acho que não falharia dizendo que o autor destes desenhos seria um dos que teria uma proximidade bastante grande com o Porto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigado caro amigo.

      O Porto é sem dúvida uma grande inspiração. Acho que não conseguiria voltar a viver lá como vivi durante tantos anos… mas também não consigo deixar de lá ir regularmente. Por muitas viagens que faça, o Porto é sempre um cantinho insubstituível. :)

      Eliminar