sexta-feira, 14 de agosto de 2015

Fim de rua


Não sei como é que “aquilo” foi ali parar, mas já não é a primeira vez que nas conversas entre desenhadores se ouve falar em estranhos avistamentos nos céus dos desenhos...

Sem comentários:

Enviar um comentário