sábado, 10 de janeiro de 2015

Uma chaminé insólita


Sentada num banco de jardim enquanto espero, avisto a chaminé de uma fábrica desactivada. Fica junto a Conde Duque, sobre os telhados irregulares dos prédios de habitação da zona oeste de Malasaña, em Madrid. E lá saco do meu sketchbook, onde me ponho a rabiscar o skyline e também uma parte da fachada do Convento das Comendadoras. O sol já vai baixo, projectando uma sombra diagonal sobre as paredes. Consigo acabar mesmo antes de o sol desaparecer, nestes dias tão curtos junto ao solstício de Inverno...


Detalhes do processo de aguarela no meu blogue, aqui.
Até breve!
Miú

2 comentários: