quinta-feira, 30 de junho de 2016

Por Ancede, Baião e Pinhão


Os desenhos que fiz na viagem pelas terras de Ancede, Baião e Pinhão.
No 1º registo, uma perspectiva de uma das partes em ruínas do Mosteiro de Ancede, neste caso o que seria o antigo armazém de pipas. O 2º foi feito já na Fundação Eça de Queirós. Por fim, um desenho feito na viagem de veleiro, com a paisagem coberta de vinhas das margens do Douro.

















2 comentários:

  1. acho muito interessante a continuidade da linha. revela perspicácia na percepção da tridimensionalidade da forma no espaço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Marco !! De certa forma, ajuda-me também a soltar o traço e o desenho.

      Eliminar